Copirraite

A impressora de “coisas” (2)

Posted on: outubro 27, 2009

Nanosilver

Já falei aqui sobre impressoras de “coisas” e discuti brevemente sobre o impacto que elas poderão causar em um futuro próximo.

Um dos atuais problemas com estas impressoras é que grande parte delas consegue utilizar apenas um tipo de material. Conseqüência: resultados práticos limitados.

Mas e se pudéssemos imprimir circuitos? Seria um enorme salto rumo à “impressora de coisas”. Você entra em um site, faz o download de um MP3 player e imprime o seu iBob em casa. Loucura? Nem tanto.

A Xerox deu um importante passo desenvolvendo uma tinta a base de prata capaz de funcionar a temperatura ambiente usando uma simples impressora jato de tinta. Tudo bem que essa tecnologia não vai migrar tão cedo assim para a sua casa, mas é um sinal do que vem por aí.

O MIT está indo ainda mais longe (como de costume)… estão desenvolvendo materiais orgânicos capazes de conduzir energia (tanto cargas negativas quanto positivas ao mesmo tempo) de forma muito eficiente. Esses polímeros também podem ser utilizados para impressão.

Tentativas também estão sendo feitas por amadores, como no caso do RepRap:

E para quem não quer esperar, existem formas mais baratas e menos automatizadas de imprimir seu próprio circuito em casa.

(Via MIT Technology Review)
(Via Make)

1 Response to "A impressora de “coisas” (2)"

[…] Já falei algumas vezes sobre as “impressoras de coisas” (aqui e […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Atualizações Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

%d blogueiros gostam disto: